Bebeu demais no Carnaval? Saiba o que (não) fazer.

Álcool – quais são os riscos?
30 de maio de 2018
Câncer de cólon – importância do rastreamento
30 de maio de 2018
Exibir tudo

Bebeu demais no Carnaval? Saiba o que (não) fazer.

A ressaca consiste em uma série de sintomas desagradáveis que aparecem após a metabolização completa de bebidas alcoólicas ingeridas em excesso. Alguns exemplos são a dor de cabeça, enjôo, boca seca, falta de apetite, diarréia, fadiga, tremores e o mal estar geral. Apesar de existirem várias “fórmulas” para combater a ressaca, a maioria não tem eficácia comprovada. Veja um pouco do que fazer (e, principalmente, do que não fazer) se cometeu excessos no carnaval.

1. Alimentos que protegem o fígado

Infelizmente, não existem até o momento alimentos que comprovadamente protejam o fígado dos efeitos nocivos do álcool. Portanto, dicas como tomar chás, brócolis, alho, azeite, entre outros, podem não funcionar. Procure ter uma alimentação leve, que será melhor tolerada pelo estômago agredido pela bebida. Dê preferência para frutas, sucos naturais, água de coco e verduras.

2. Repousar ou começar a beber de novo?

O repouso é importante para a recuperação do organismo e a diminuição do mal estar. Além disto, os efeitos da ressaca podem comprometer sua capacidade cognitiva, habilidade manual e performance visual e espacial. Por isso, atividades como dirigir e operar máquinas podem ser arriscadas.

Beber de novo pode dar um alívio inicial, mas depois você poderá ter uma ressaca ainda pior. Vale a pena ressaltar que este pode ser um comportamento associado à dependência do álcool e todas as conseqüências negativas que isto pode trazer.

3. Hidratação

Alguns dos sintomas da ressaca ocorrem pela desidratação resultante do aumento da quantidade de urina (o álcool diminui a produção do hormônio anti-diurético – ADH). Por isso, beber bastante água é importante. Tente beber água com freqüência, na quantidade que o estômago tolerar, evitando assim a piora do enjôo.

4. Que remédio devo tomar?

Evite medicamentos efervescentes e que contenham aspirina ou outros anti-inflamatórios na sua composição. Estes medicamentos podem agredir seu estômago. O ideal é que qualquer remédio tomado seja prescrito por seu médico. Normalmente, são indicados medicamentos para cada sintoma, como analgésicos para dor de cabeça, anti-eméticos para enjôo e remédios para azia e dor de estômago.

5. Como prevenir a ressaca da próxima vez?

A principal recomendação para prevenir a ressaca é não ingerir bebidas alcoólicas em excesso. Isto evita uma série de problemas de saúde que o álcool pode trazer, incluindo alterações cardiovasculares, psicológicas e sociais. Além disso, algumas coisas podem ajudar:

Alimente-se bem antes, durante e após ingerir bebidas alcoólicas;
Intercale a ingestão de bebidas alcoólicas com a de água para manter-se bem hidratado;
Evite realizar esforço físico enquanto estiver sob efeito do álcool;
Mantenha sempre uma boa condição física, com sono em quantidade e qualidade adequada e prática regular de atividade física.

Com todas estas dicas, esperamos que fique melhor. E se ainda tiver alguma dúvida, marque uma consulta com seu médico!

Ajuda? Chat via WhatsApp