Bebeu demais no Carnaval? Saiba o que (não) fazer.
30 de maio de 2018
Exibir tudo

Álcool – quais são os riscos?

1. Quais os riscos associados à ingestão de bebidas alcoólicas?

O álcool pode gerar uma série de danos ao nosso organismo, sendo a primeira causa de morte entre homens jovens (entre 15 e 59 anos). Apesar de ser mais frequente ouvirmos falar do risco de lesão do fígado, outros órgãos também podem ser agredidos, como o esôfago, estômago, pâncreas, coração, cérebro e os nervos periféricos.

A ingestão de bebidas alcoólicas pode levar ao aparecimento de cirrose, pancreatite, câncer (de fígado, esôfago e boca, por exemplo) aumento da pressão arterial, insuficiência cardíaca, perda de memória, alteração de comportamento, dependência física e psicológica, dificuldades para caminhar, dor e queimação nos pés e nas pernas, entre outras coisas.

Apesar da maioria destas alterações aparecerem após anos de ingestão de bebidas alcoólicas, a curto prazo o álcool pode trazer prejuízos para o trabalho, problemas familiares, intoxicação aguda (inclusive coma) e um aumento do risco de se envolver em situações de violência e acidentes de trânsito, incluindo casos fatais.

2. Qual a quantidade segura de ingestão de bebidas alcoólicas?

Infelizmente, não existe um limite completamente seguro de ingestão de bebidas alcoólicas. Para pessoas com predisposição, mesmo pequenas quantidades diárias podem gerar problemas.

Do ponto de vista do fígado, é sabido que a ingestão de mais de 40g de álcool por dia para homens e 20g de álcool por dia para mulheres pode levar a cirrose. Para se ter uma idéia, uma dose de bebida (equivalente a uma lata de cerveja, uma taça de vinho ou uma dose de uísque) contém cerca de 15g de álcool.

Beber todos os dias, assim como beber mais de 14 doses por semana, são outros fatores de risco para cirrose.  Além disso, a ingestão de grande quantidade de bebidas alcoólicas em uma única ocasião (mais de 4 doses em menos de 2 horas), também é considerada uma situação de risco, mesmo que feita de forma esporádica.

3. Existe benefício de se ingerir pequenas quantidades de bebidas alcoólicas todos os dias?

Apesar de existirem evidências de um menor risco cardiovascular em pessoas que bebem diariamente pequena quantidade de bebidas alcoólicas (especialmente o vinho), pode ser que este benefício seja menor que os potenciais riscos associados a este hábito. Existem trabalhos mostrando que mesmo pequenas quantidades diárias de álcool estão associadas a um maior risco de morte por cirrose.

4. Qual médico deve ser procurado caso a pessoa tenha problemas associados à ingestão de bebidas alcoólicas?

A pessoa que apresenta problemas relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas precisa de acompanhamento multiprofissional. Podem ser necessárias consultas com gastroenterologista, hepatologista, cardiologista, neurologista, psiquiatra, psicólogo e nutricionista, a depender do caso. Na maioria das vezes, o primeiro médico procurado é o hepatologista ou o psiquiatra que, caso necessário, encaminhará o paciente aos demais especialistas.

Ajuda? Chat via WhatsApp